GASTRONOMIA DE PORTUGAL

Receitas, História e Eventos!

O segredo que os “ciganos do rio” trouxeram da Vieira!

Das praias de Viera de Leiria trouxeram barcos e redes.
E não esqueceram hábitos e costumes de vida.
Tejo acima, Tejo abaixo!

Com um rio por morada, no barco se nascia, amava e morria.
Redol contou-lhes sobrevivência e vidas…

Os ciganos do rio foram-se fixando nas margens. Com as casas de palafitas que as águas beijavam e as varandas que, na altura das cheias, se transformavam em ancoradouro dos seus barcos…

Os pratos de peixe de mar deram lugar aos peixes de rio. Como aqui, nas Caneiras, em Santarém.

Não vão conseguir passar sem provar esta Avieira sopa de peixe.
Espreitem a receita:
E… mãos à obra!

SOPA DE PEIXE DE RIO (Caneiras – Santarém)

► Ingredientes:
• 1 kg de peixe do rio (carpa, fataça, barbo) • 1 kg de batatas • 1 l de água • 1 dl de azeite • 1 cebola grande • 1 pimento • 5 tomates maduros • 2 ovos • 1 ramo de salsa, coentros e hortelã • Pão torrado em fatias • Alho • Louro • Sal • Piripíri q.b

► Preparação:
• Amanha se o peixe e tempera se com sal.
• Cortam se as batatas às rodelas.
• Num tacho junta-se o azeite, a cebola, os alhos, o tomate limpo, a folha de louro, o pimento e o ramo de cheiros e leva-se ao lume.
• Quando o tomate estiver desfeito acrescenta se a água.
• Junta se o peixe e as batatas, volta a ferver e tempera-se com um pouco de piripíri a gosto.
• De seguida escalfam-se os ovos e serve-se enriquecida com fatias de pão torrado.

(Retiradas de “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Minha Terra – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local, disponível em bit.ly/1NlkqxU)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *