GASTRONOMIA DE PORTUGAL

Receitas, História e Eventos!

SARDINHAS SEM CHEIRO

É verdade que, mesmo os fanáticos da “sardinha assada” não admiram, de forma especial, o cheiro desagradável que tende a perdurar no ambiente, mesmo depois da sardinhada…Agora, surge a novidade que, se se retirar a causa (eu prefiro dizer rabo…) aos saborosos peixes, eles deixarão de…cheirar a sardinha assada!

A ser verdade, a moda vai decerto pegar e já estamos a ver os cientistas a estudarem a forma de clonar, em viveiro, sardinhas desprovidas de rabo para pouparem trabalho aos assadores das ditas…

Mas, com ou sem o apêndice terminal, o que podemos, sem receio de errar, é aconselhar o consumo deste peixe… Assado, cozido, frito, de escabeche, em filetes, seco, enfim, como entender… Ele é rico em óleos ómega-3, os tais que combatem o colesterol e os triglicéridos e, agora, até nem cheira a sardinha, se lhe cortarem o rabo…

Fonte: http://arrozcatum.blogspot.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *